Mães e filhos podem ganhar proteção contra agressões familiares em Guarulhos

Política

Tramita na Câmara de Guarulhos um Projeto de Lei que deve beneficiar as mulheres vítimas de violência doméstica. O PL 5.459/2017, de Genilda Bernardes (PT), altera uma política pública de atendimento para acolher mães e filhos em iminente risco de morte em função de agressões familiares.  O projeto determina que a família seja separada do agressor e levada para uma casa pública, mantida pela Prefeitura. A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher deliberou favoravelmente o PL nesta terça-feira, 6 de março.

“O problema mais grave é a mulher voltar para casa após fazer um Boletim de Ocorrência contra o marido e apanhar de novo porque não tem pra onde ir”, explicou Bernardes. A casa a ser utilizada como abrigo provisório, atualmente, acolhe apenas mulheres em situação de rua, portanto necessita de adaptações. A autora disse que a modificação não trará mais despesas para o município, já que os gastos com o equipamento estão previstos na peça orçamentária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *