Castração de animais e abandono na Dutra preocupam Frente

Política

A Frente Parlamentar em Defesa dos Animais da Câmara de Guarulhos se reuniu na manhã desta segunda-feira (7) com Douglas Cardoso, chefe da Divisão Técnica de Veterinária do Departamento de Proteção Animal-Depan da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Os vereadores Zé Luís Lula (PT), Carol Ribeiro (PMDB) e Acácio Portella (PP) questionaram o servidor sobre o programa de castração da Prefeitura. Vale lembrar que este serviço atende até três animais por dono maior de 18 anos.

Cardoso se alongou principalmente sobre a parceria com os protetores individuais, pessoas que se predispõem gratuitamente a levar animais sem lar para serem castrados. Segundo ele, o fato de serem voluntários dificulta o controle por parte da Prefeitura: “Temos vários problemas neste sentido, como cães que têm donos e são levados como abandonados, mas estamos trabalhando para resolvê-los”, explicou.

A Rede de Serviços Fácil da Prefeitura cancelou recentemente o agendamento para a castração. Em compensação, o Depan trabalha para resolver esta carência. “Desenvolvemos um programa para que a pessoa agende a castração de seu animal pela internet, o que deve facilitar muito também nosso controle sobre os procedimentos”, contou Cardoso.

 

Prejuízo ambiental

O vereador Zé Luís informou durante a reunião que a empresa CDR Pedreira, que faz a coleta e tratamento de lixo na Grande São Paulo, planeja ampliar sua área de depósito. “Isto deve ser feito em um terreno na região do Cabuçu, seis vezes maior que o da empresa Quitaúna, com sérios prejuízos ambientais ao município”, alertou. Com aval dos vereadores da Frente, um ofício será enviado à CDR com questionamentos sobre possíveis danos ambientais, programas e prazos para ações compensatórias, entre outros. “Só para citar um dos problemas, o número de animais atropelados aumentaria muito devido à expectativa de maior fluxo de caminhões naquela região”, afirmou Zé Luiz.

Ao final da reunião, o petista colocou em pauta a falta de política para o encaminhamento dos animais abandonados na Rodovia Presidente Dutra. De acordo com o parlamentar, tanto a CCR, administradora da estrada, quanto o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes-Denit têm encaminhado os animais ao Departamento de Controle de Zoonoses da Prefeitura de Guarulhos. “Eles recebem animais até de outras cidades, ou seja, não há clareza sobre o procedimento correto a ser adotado, nem contrapartidas ao município”, explicou. “Se for preciso, vamos à Justiça para chegarmos a um acordo satisfatório”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *