Comissão de inquérito ouve presidente de cooperativa

Política

Roberto Gushiken, presidente da cooperativa de crédito Sicoob UniMais, participou como testemunha na reunião desta quinta-feira (10) da Comissão Especial de Inquérito-CEI, da Câmara de Guarulhos que investiga se o vice-prefeito Alexandre Zeitune (Rede) cometeu crime de extorsão. Nos áudios que motivaram a investigação, é citado genericamente que cooperativas de crédito são bons locais para aplicação financeira.

Ao responder questões do vereador Marcelo Lula Seminaldo (PT), proponente e presidente da CEI, e do relator Eduardo Carneiro (PSB), Gushiken explicou que Zeitune é vice-presidente da Sicoob, da qual está afastado desde fevereiro deste ano e, portanto, não recebe salários pelo cargo. Afirmou ainda que a empresa segue normas do Banco Central e, por isso, não é um local para lavagem de dinheiro.

Participaram da reunião também os vereadores da CEI Toninho da Farmácia (PSD), Genilda Lula Bernardes (PT), Geraldo Celestino (PSDB), Carol Ribeiro (PMDB), Moreira (PTB), Acácio Portella (PP) e Luís da Sede (PRTB). A próxima reunião está marcada para o dia 17. Segundo Seminaldo, “A CEI avaliará os trabalhos e discutirá quais serão os passos seguintes da investigação”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *