Vereadores questionam impactos da concessão do Saae para a Sabesp

Política

Os parlamentares da Câmara de Guarulhos debateram nesta terça-feira, 25 de setembro, as implicações da concessão do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Entre as preocupações apresentadas pelos vereadores está a falta de um estudo técnico e financeiro capaz de avaliar o valor do Saae antes da concessão, além da necessidade de garantir o emprego de mais de mil funcionários concursados.  

Foram indicados sete vereadores para compor a nova Comissão Especial de Inquérito (CEI), que investigará áudio com depoimento do superintendente Ibrahim Faozi El Kadi sobre possíveis irregularidades cometidas no Saae de 2001 a 2016. Instaurada em 20 de setembro, a CEI será presidida pelo vereador Prof. Jesus (DEM) O PT e o PRTB ainda não indicaram representantes. As indicações partidárias para composição da CEI são: Geraldo Celestino (PSDB), Moreira (PTB), Wesley Casa Forte  (PSB), Sandra Gileno (PSL), Carol Ribeiro (PMDB) e  Eduardo Barreto (PCdoB).

No Grande Expediente foram deliberados 41 itens: 37 Requerimentos com pedidos de informação à Prefeitura e quatro Projetos de Lei, que seguem para análise das Comissões Técnicas. Entre os projetos deliberados está o PL 3.211/2018, que trata da subvenção social à Associação Beneficente Jesus José e Maria, no valor de R$7,2 milhões, para os meses de outubro, novembro e dezembro do exercício de 2018.

Pequeno Expediente

Durante o Pequeno Expediente, o vereador Dr. Alexandre Dentista falou sobre o início das obras de revitalização no Lago dos Patos, na Vila Galvão. A expectativa é que seja contemplada a demanda de instalação de uma academia popular, a reforma do teatro Nelson Rodrigues e a construção de uma pista de skate. O vereador Edmilson Souza discorreu sobre as dificuldades que podem advir do repasse do Saae para a Sabesp e questionou se os valores mensais das contas de água das escolas serão pagos rigorosamente, sem o parcelamento das dívidas. Genilda Sueli Bernardes disse que os vereadores precisam acompanhar de perto o processo de transferência do Saae para a Sabesp para evitar, entre outras coisas, a demissão de mais de mil funcionários públicos. A vereadora Janete Rocha Pietá denunciou a demora para o agendamento de consulta com reumatologista no Hospital Padre Bento. Segundo a parlamentar, alguns pacientes aguardam há dois anos para serem atendidos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *