Prefeitura intensifica fiscalização contra transporte clandestino

Cidade

A Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU) tem intensificado a fiscalização com relação ao chamado transporte clandestino, com o intuito de reter e multar os veículos que trafegam nessa condição. Em 2018 foram realizados um total de 16 retenções para esses casos e só até o dia 7 de fevereiro deste ano o número já atingiu cinco veículos. Caso a média seja mantida, a fiscalização poderá encerrar 2019 com mais de 50 retenções.

O trabalho dos agentes de trânsito tem sido eficiente no sentido de coibir uma irregularidade que atenta contra a segurança de todos os usuários de transporte público. Isso pelo fato de os micros clandestinos não possuírem, entre outros requisitos, seguro de vida para os passageiros. Além do mais, esse tipo de “serviço” gera um desequilíbrio, com a concorrência desleal com o serviço regulamentado.

Outro fator que precisa ser levado em conta diz respeito à irregularidade de itinerários e horários de serviços oferecidos: “Precisamos enaltecer o trabalho que os agentes de trânsito estão realizando com a retenção do chamado transporte clandestino. É de suma importância para que a cidade de Guarulhos tenha, cada vez mais, um transporte público de qualidade”, disse o secretário Paulo Carvalho.

Os agentes da STMU têm realizado operações que contam com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana (GCM) em todos os modais de passageiros: micros coletivos, vans escolares e táxis.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *