Prefeitura recebe primeiro estudo de viabilidade do VLT em Guarulhos

Cidade

Na tarde desta sexta-feira (8), o prefeito Guti recebeu no Paço Municipal os integrantes da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e do Governo do Estado para a apresentação do primeiro estudo de viabilidade do Veiculo Leve sobre Trilhos (VLT) em Guarulhos. Esse novo modal de transporte pode contribuir sobremaneira na melhoria da mobilidade urbana e será melhor avaliado, garantiu Guti no encontro.

Após mais de 8 dias de trabalho, mobilizando técnicos da AFD e da Prefeitura, o estudo considerou as rotas de maior fluxo da cidade; o trânsito de veículos particulares nas principais ruas e avenidas; a contribuição à estrutura urbana em coerência com o Plano Diretor; o desenvolvimento de locais estratégicos e econômicos, além de aspectos ambientais e financeiros.

“Eu agradeço o empenho de todos. Realmente, para um primeiro estudo, é algo aprofundado. Não tenho dúvida que, caso se concretize, o VLT será um ganho extraordinário para Guarulhos. Vamos continuar trabalhando em conjunto com esse objetivo”, afirmou o prefeito Guti.

O diretor-adjunto da AFD, Lamine Sow, parabenizou o prefeito pela iniciativa de desenvolver um projeto estrutural importante na área de transporte público. “Ótimo que podemos desenvolver juntos estudos deste tipo. A AFD está à disposição e iremos manter nossa parceria”.

União em outros projetos importantes

Durante a reunião, o secretário de Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação (SDCETI), Rodrigo Barros, anunciou que a AFD tem a intenção de estar junto da Prefeitura em outros projetos. “A Agência Francesa de Desenvolvimento também irá realizar um estudo de Smart Cities em Guarulhos, o que deve começar após o Carnaval. Também há o interesse de participar do nosso Parque Tecnológico, e devemos começar a conversar sobre o trâmite necessário”.

Também participaram da reunião o secretário de Desenvolvimento Urbano (SDU), Jorge Taiar, técnicos da SDU e integrantes do Governo do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *