CEI que investigou denúncias de irregularidades no Saae conclui relatório

Política

A Comissão Especial de Inquérito-CEI que investigou irregularidades cometidas no Saae, a partir de gravação em áudio do ex-superintendente Ibrahin Faouze El Kadi, concluiu os trabalhos e encaminhou o relatório aos vereadores para discussão e votação em Sessão Ordinária. No áudio, El Kadi fala sobre um suposto desaparecimento de R$ 4,8 bilhões dos cofres do Saae entre 2001 e 2016. Segundo ele, o dinheiro não repassado por contrato à Sabesp seria mais que suficiente para quitar a dívida com a autarquia paulista, estimada em R$ 3 bilhões. O texto conclusivo foi lido pelo relator, vereador Wesley Casa Forte (PSB), durante reunião realizada na manhã desta terça-feira (26).

As cerca de 1.400 páginas do relatório final da CEI serão encaminhadas para a Prefeitura, o Saae e os Ministérios Públicos municipal, estadual e federal. “A partir daí, poderão fazer as análises e investigações que considerarem pertinentes”, explicou o vereador Moreira (PTB), presidente da CEI. “Temos uma limitação em nossa investigação, não pudemos contar com uma auditoria, o que levaria muitos anos de análise, nem podemos julgar, mas acredito que cumprimos nossa missão de pelo menos levantar informações sobre as denúncias do ex-superintendente”, avaliou.

Participaram também da reunião os vereadores Geraldo Celestino (PSDB), Luís da Sede (PRTB), Acácio Portella (PP) e Dr. Laércio Sandes (DEM).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *