Vereadores aprovam projeto voltado a segurança em bancos

Política

Durante a Sessão Ordinária de quinta-feira (11), foi aprovado em segunda discussão e votação o Substitutivo nº 1 ao Projeto de Lei (PL) 281/07, de autoria do vereador Zé Luiz Lula (PT). A medida torna obrigatória a instalação de dispositivos de segurança nas agências e nos postos de serviços das instituições bancárias e financeiras da cidade.

De acordo com o texto do PL, cada unidade de atendimento deverá dispor de porta eletrônica de segurança; vidros laminados e resistentes ao impacto de projéteis de armas de fogo de grosso calibre, nas portas da entrada, nas janelas e nas fachadas frontais e laterais; e circuito interno de televisão interligado com central de controle fora do local monitorado. A propositura determina, ainda, a instalação de guarita em todas as agências, com interfone, bem como a disponibilização de rádio de comunicação a todos os vigilantes nas agências bancárias.

Zé Luiz explicou que a proposta surgiu a partir de conversas com os sindicatos dos bancários e dos vigilantes. “Alguns bancos da cidade estão mudando o layout, mais preocupados com a beleza do que com a segurança. Nós apresentamos um projeto bem completo, porque ele estabelece não só a porta de segurança com detector de metal, mas também um escudo de proteção para o vigilante que trabalha dentro da agência, que hoje fica totalmente exposto”. Para entrar em vigor, o Projeto de Lei depende da sanção do prefeito.

Ainda na Ordem do Dia da Sessão, três projetos foram aprovados em primeira discussão e votação. Entre eles, está o PL 882/18, do vereador Wesley Casa Forte (PSB), que dispõe sobre a afixação de cartazes informativos de como higienizar as mãos em escolas, bares e restaurantes.

Outros assuntos

Tendo em vista a licença do presidente da Casa, Professor Jesus, os trabalhos foram conduzidos pelo vice-presidente, Dr. Eduardo Carneiro (PSB), que, a partir do Grande Expediente, passou o comando das atividades para a 1ª secretária, Carol Ribeiro (MDB). Muitos parlamentares fizeram uso da tribuna para parabenizar a vereadora e ressaltar a importância da participação das mulheres na política. “Para nós, mulheres, é uma grande conquista, e eu só tenho a agradecer ao vereador Carneiro pela oportunidade. Eu sempre vou defender a bandeira da mulher, nós somos poucas aqui e ainda vivemos num mundo muito machista”, comentou Carol.

Ao longo de toda a Sessão, os vereadores repercutiram a moção de repúdio elaborada pela vereadora Janete Lula Pietá (PT), envolvendo a atuação da Polícia Militar (PM) durante o protesto de alunos da Escola Estadual Professor Frederico de Barros Brotero. Diversos vereadores se manifestaram contrariamente ao documento, que teria sido apresentado em nome da Câmara Municipal e foi alvo de críticas por meio um vídeo gravado por um capitão da PM.

Também foi tema de debates a queda de parte do forro do teto do Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA), na noite da última quarta-feira (10). A estrutura desabou sobre a sala de espera para atendimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *