Comissão de Direitos Humanos aprova adaptação de semáforos para daltônicos

Política

A Comissão de Direitos Humanos, Cidadania, Habitação, Assistência Social e Igualdade Racial analisou positivamente uma propositura sobre a adaptação de semáforos para pessoas com daltonismo. A iniciativa foi discutida durante reunião ordinária, nesta quinta-feira (9), com a participação dos vereadores Edmilson Lula Souza (PT), Sérgio Magnum (PATRIOTA) e Eduardo Barreto (PCdoB).

 

O PL 829/2019 é de autoria do vereador Maurício Lula Brinquinho (PT) e estabelece um prazo de três anos para a Prefeitura realizar toda a adaptação. O daltonismo é uma condição na qual a pessoa apresenta dificuldade para distinguir cores. De acordo com a justificativa do projeto, a adaptação poderá permitir que daltônicos saibam com mais facilidade qual das lâmpadas dos semáforos está acessa durante o período noturno.

 

Edmilson Lula Souza, que preside a Comissão, destacou que outras cidades já possuem semáforos adaptados para quem possui daltonismo. “O projeto já foi implantado em várias cidades. A informação que nos chega é que em São Paulo já há 17 mil equipamentos desses adaptados”, completou Souza.

 

Também foi deliberado favoravelmente pelos vereadores o PL 851/2019, de Eduardo Carneiro (PSB), que institui o Projeto Inscrição Solidária para corridas e caminhadas de rua de Guarulhos. A proposta estabelece que haja uma cota de 5% de inscrições gratuitas para munícipes de baixa renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *