Quebrando paradigmas

Colunas

Como havia comentado na matéria anterior, a quebra de paradigmas poderia ser positiva para quem o faz.

Mas afinal de contas o que seriam paradigmas?

Paradigma é um modelo ou padrão que deverá ser seguido. Ou seja, aquilo ou algo que servirá de modelo ou exemplo a ser seguido em determinada situação.

Geralmente ao atender um Coachee (cliente) é normal observarmos que ele busca uma evolução, mas também, que tem muito medo de sair da zona de conforto que se encontra.

Ao me tornar Coach ouvi varias historias. Mas uma delas fui obrigado a conhecer e vivência-la. Seria que há dois lugares para um homem no mundo.

O primeiro seria aquele lugar famoso que conhecemos como Zona de conforto, já a segunda seria onde toda magia acontece, aquele cenário idealizado e realizado.

Ah, esses dois lugares jamais irão se cruzar.

Buscamos realizar sempre aventuras radicais, uma forma de nos divertirmos, algo que nos traz um imenso prazer. Por outro lado, aquilo que ameaça nosso instinto de estabilidade evitamos. Tememos o desconhecido. Com isso, poderíamos observar quantos (ou até nós mesmos) estão desenvolvendo um trabalho que não gostam e  trabalhando em uma empresa que detestam.

Na vida pessoal, não seria muito diferente já que mantém um relacionamento fracassado onde a infelicidade é notória por acreditarem que não há outra oportunidade.

Como podemos observar são infelizes por não acreditarem em si próprio. Temem não atingirem seus objetivos, e por este motivo se sentem derrotados.

Qualquer profissional (Coach) o levará a refletir sobre o seu estado atual, levando-o a imaginar o estado desejado.

Onde você deseja chegar?

Dependendo do caminho que andar conhecerá a vitoria ou fracasso.

Haverão muitos caminhos que nos levarão a qualquer lugar, mas não queremos ir a qualquer lugar, queremos chegar até a vitoria, queremos ir através de um caminho feliz e principalmente sem nenhum obstáculo. Existe???

A melhor forma seria traçarmos passos para uma conquista, um caminho para a vitoria desejada. Um norte a ser conquistado.

Me recordo das aulas de Logística que ministrava, e que gostava de falar sobre as guerras de Napoleão Bonaparte.

Um líder político e militar responsável pela Revolução Francesa (séc, XIX).

O império francês sob o comando de Napoleão se envolveu em uma série de conflitos (Guerras) com todas as grandes potências europeias, conhecidas como Guerras Napoleônicas.

Napoleão teve uma sequência de vitórias, e a França garantiu uma posição dominante na Europa Continental.

Napoleão criou amplas alianças através desses conflitos, e a nomeação de amigos e até familiares para governar os outros países europeus como dependentes da França.

As Guerras de Napoleão são até hoje estudadas nas academias militares e Universidades de todo o mundo por um simples motivo.

Napoleão antes de qualquer batalha estudava o terreno (relevo) onde seria o combate, certificava-se de que não faltaria provisões para seus exercito durante o conflito, conhecia todas as rotas para uma invasão e até para uma retirada se necessário. Mas uma de suas maiores características como Imperador da França foi a de se preocupar com suas tropas fazendo com que cada um de seus aliados se sentissem invencíveis (Sabia motivar).

Napoleão só enxergava o triunfo antes de cada batalha (Tinha visão).

Chegava ao local antes de todos e junto de seus Generais (criava o processo junto de sua equipe) enquanto seus exércitos descansavam e se alimentavam. Quando as tropas inimigas chegavam (cansados, famintos e machucados), os exércitos de Napoleão estavam prontos para o combate (Fazia um SWOT).

Imaginando este cenário conseguem ter duvidas de qual exercito ganharia a batalha?

Aprendi muito estudando sobre Napoleão, e hoje compartilho com todos aquilo que aprendi não com o Imperador da França, mas com o Líder Napoleão.

Napoleão era respeitado por toda sua tropa e famoso por querer conhecer exatamente cada detalhe da movimentação de seus homens.

Imaginava infinitas possibilidades de incursão.

Era totalmente flexível aceitando opiniões de todos, inclusive fazia questão de estar na linha de frente junto de seus soldados fazendo-os sentirem-se iguais.

Por este mesmo motivo, no mundo corporativo a capacitação vem sendo fundamental.

Se manter claro a sua equipe onde deseja chegar eles irão se adiantar na busca  de sua capacitação, aprendendo o que fazer, como fazer e buscando cada vez mais aprimoramento.

Depois de toda essa historia de um vitorioso gostaria de perguntar:

Gostaria de ser como Napoleão?

Está pronto para ser um igual?

Deseja ser alguém melhor?

 

Com a ajuda de um profissional é possível fazer uma reprogramação mental, que trará melhores resultados para qualquer área de sua vida. Com o desligamento desses padrões um novo padrão seria adotado. Este fará de você alguém vitorioso e com muitas conquistas a realizar.

 

Gostaria de iniciar sua jornada de sucessos pessoais?

Marcio Sobrinho

Coach e Especialista em Desenvolvimento Pessoal

CRA n° 141.574

www.administradores.com.br/u/marciosobrinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *