A verdadeira liderança

Colunas

Atualmente, os lideres tem se destacado colocando suas organizações sempre a frente de suas concorrentes. Muitos ainda não entenderam que “liderar é preciso, é preciso liderar”.

Por isso, mais uma vez coloco a seguinte pergunta: O que seria Liderança?  Como poderíamos coloca-la em pratica? E, como seria uma liderança eficaz?

Em outros artigos havia falado sobre as diferenças que há entre o “Líder” e o “chefe”. Acreditem, muitos ainda não sabem a diferença, ou fingem não saber.

Infelizmente, conheço verdadeiros chefes, aqueles que mesmo errados insistem em dizer que estão certos. Não aceitam opiniões. Querem resolver tudo da forma antiga.

Cheguei a ouvir de alguns as seguintes frases: “SOU DA VELHA GUARDA, SOU UM CHEFE A MODA ANTIGA, SOU DA ESCOLA ANTIGA”.

Será que os chefes em questão teriam as respostas que precisamos?

Vivemos no mundo globalizado, onde buscamos um tempo rápido de respostas. Os lideres de hoje (que vêm substituindo os chefes de ontem) definem desafios como algo extremamente necessários para o aperfeiçoamento constante de toda sua equipe. Sabem que novas ideias surgirão, e que, ajudarão a melhorar a imagem de seu produto ou marca frente a concorrência. Principalmente, que uma ou algumas pessoas são capazes de descobrir tudo aquilo que precisa ser feito com o simples fato de compartilharem o conhecimento.

Em relação ao Chefe, esses não conhecem e não compartilham de nenhum conhecimento. Muitos ainda, preferem fechar a cara no intuito de provocarem o medo entre seus subordinados. Acreditam que dessa forma a empresa irá produzir cada vez mais. Geralmente, em tom agressivo lembram quem é o chefe. Ou seja, tentam ganhar no grito, mostrando um total despreparo para lidar com pessoas.

Uma pena que esquecerem de evoluir com o tempo. Poderiam ser melhores aproveitados se a evolução chegasse em sua cabeça.

A velha guarda os preparou muito bem para a época, mas esqueceram de informa-los que a evolução chegaria, e que seria preciso acompanha-la.

Hoje ainda, os chefes, Permanecem estacionados no tempo em que começaram, não buscaram a evolução (e não aceitam) e o conhecimento que trouxeram de anos acabaram ficando ultrapassados. Conhecem muito sobre o passado e sabe que a mudança tiraria seu cargo. Mas devemos dar crédito a eles por terem iniciado algo que cresceu. Por serem pessoas dotadas de um grande conhecimento técnico em relação ao seu trabalho, geralmente, quando algo dá errado são consultados sobre a melhor maneira para solucionar esses problemas. Mas tudo pode mudar.

No presente momento, as empresas vêm realizado avaliações de suas formas de trabalho, e cada vez mais estão conhecendo a Liderança Participativa que tem se mostrado muito eficiente. Com esse sistema de liderança muitas vezes é possível identificar o Líder ideal.

Geralmente, ao realizar treinamentos e palestras motivacionais em organizações procuro fazer algumas entrevistas individuais com colaboradores e conhecer aquilo que os motiva de verdade. Na grande maioria posso afirmar que buscam reconhecimento de seus superiores em relação ao trabalho que fazem em equipe. Buscam um salário melhor, mas o reconhecimento pessoal e profissional tem sido a preferência entre a maioria.

Sendo assim, os líderes poderiam desde já adquirirem o habito conversarem mais. Ele substituiu um chefe que não querem lembrar mais.

No passado, colaboradores eram persuadidos pelo medo. Hoje devem alcançar a emoção do colaborador transformando-os em colaboradores poderosíssimos. Fazê-los se sentir importantes seria a melhor maneira de mantê-los na organização dando sempre o melhor de si, dedicando todo potencial em seu trabalho fazendo com que se sintam importantes para cada etapa do trabalho, e seu potencial para realizar grandes projetos.

Resumindo tudo: Todos (inclusive eu) gostamos de fazer parte de uma equipe onde todos sejam valorizados. Ao sentir o real valor junto a equipe que compomos trabalhamos com o coração, e o conjunto, tenha certeza, realizaria trabalhos fantásticos.

Adote e domine o habito de elogiar pessoas onde estiver. Isso fará você (Líder)  conquistar seus corações imediatamente. Quando afirmamos seu valor (sincero) fazemos se sentir importantes. E mais, encorajamos a prosseguirem em seus sonhos.

Conheço lideres que tem a capacidade de valorizar as pessoas atraindo seu potencial para (juntos) realizarem grandes projetos. Mas também, conheço chefes que são capazes de perder cada um dos membros de sua equipe por não valorizarem as pessoas que são. Não entendem que cada um é importante dentro de sua equipe, e que não valorizando-os criariam aquilo que conhecemos como efeito domino em demissões. Ou seja, uma demissão em massa perdendo cada um deles.

O Coach dentro de mim afirma: Quando ajudamos pessoas crescerem é uma sensação maravilhosa. Todos gostam de crescer, todos querem crescer, todos querem ser vitoriosos

Portanto, afirmo que todos tem o potencial de serem verdadeiros vencedores, mas preciso do líder em vocês para que seja possível realizar (Juntos) sonhos na vida de todos.

Ao me tornar Professor de Administração enxerguei a possibilidade fazer mais por cada um de meus alunos. Sonho em vê-los vencedores. Quanto ao Líder que existe em vocês, teriam uma grande vitória vendo sua equipe prosperar cada vez mais, vê-los crescendo e alcançando os resultados que um dia sonharam. Se você pensar assim, já deu o primeiro passo para ajudar as pessoas a crescer.

Lideres, pratiquem a verdadeira liderança, destaquem-se.

Marcio Sobrinho

Coach e Especialista em Desenvolvimento Pessoal

www.administradores.com.br/u/marciosobrinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *