Greve geral é debatida durante Sessão Ordinária

Política

Os petistas Janete Lula Pietá, Genilda Sueli Bernardes e Maurício Brinquinho, durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (11) defenderam que a população deve participar da greve geral, marcada para a próxima sexta-feira (14). Os parlamentares afirmaram que se trata de um movimento legítimo, convocado principalmente para demonstrar a contrariedade com a reforma da Previdência, que está em tramitação no Congresso Nacional.

 

No Pequeno Expediente parlamentares, também do PT, repercutiram o vazamento de mensagens que envolvem o ministro da Justiça e então juiz federal Sérgio Moro, além do procurador federal responsável pela operação Lava Jato Deltan Dallagnol, num suposto esquema irregular na referida operação.

 

A munícipe Sabrina Cristina da Paixão Santos, de 20 anos, fez o uso da palavra durante a Tribuna Livre para falar sobre a falta de apoio aos atletas profissionais em Guarulhos. Santos, que disputa competições na modalidade salto com vara, pediu ajuda aos parlamentares para que ela possa participar do campeonato Pan-americano no Peru, no mês de agosto.

 

Os dois projetos da pauta do Grande Expediente foram deliberados. O primeiro, de autoria de João Dárcio (PODEMOS), solicitava cópia de um processo administrativo da Prefeitura. O segundo, proposto por Eduardo Barreto (PCdoB), tratava da iluminação pública nas paradas de ônibus da cidade.

 

A Ordem do Dia contava com 10 itens. Porém, por causa da necessidade de parecer das comissões técnicas permanentes, só três foram apreciados. Todos receberem votação favorável, a exemplo do PL 4005/2014, assinado por Toninho da Farmácia (PSD), que estabelece diretrizes para a administração de creches públicas por instituições privadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *