Mais 500 adolescentes participaram do projeto Construindo o Futuro nesta semana

Variedades

Duas escolas estaduais em Guarulhos receberam durante esta semana mais uma edição do projeto Construindo o Futuro, da Prefeitura, viabilizado pela Secretaria do Trabalho. Desta vez, cerca de 500 alunos das escolas Professor Rinaldo Poli e Alexandre Lopes de Oliveira tiveram a oportunidade de participar das mais diversas atividades oferecidas pelo projeto.

Entre os resultados positivos obtidos na semana, destacam-se a emissão de 40 carteiras de trabalho, a realização de 160 testes vocacionais, 155 cadastros em estágios e palestras com mais de 250 expectadores.

Sobre a introdução dos jovens no mercado de trabalho, por exemplo, palestra “Começar bem para ir mais longe” apresentou temas como postura, atitude correta em processos seletivos, vestimenta e comunicação. De acordo com o palestrante Marcos Ciriaco de Santana, o que falta para os jovens não é interesse, e sim incentivo. “É preciso provocar o jovem para que ele desperte em si mesmo a necessidade de buscar algo melhor, fazer entender que ele pode conseguir mais. Eu quero que eles pensem sobre o que gostam de fazer, quais os seus talentos, melhorar aquilo que já sabem fazer e descobrir um jeito de aprender aquilo que ainda não sabem”, ressaltou. Santana comentou ainda que em todas as palestras percebe que os adolescentes saem apreensivos sobre o futuro. “Eu busco não entrar em atrito e sim gerar reflexão. Percebo que eles saem da palestra perguntando um para o outro: ‘O que você quer fazer?'”.

Marluce Galdino da Silva, professora mediadora de conflitos da Escola Professor Rinaldo Poli, afirma que os alunos se mostraram muito felizes e empolgados em participar. “É uma motivação a mais, né? Deve existir essa parceria entre as escolas e o município para trazer incentivo para os jovens que não têm muita oportunidade. A princípio nós tínhamos cogitado trazer apenas a emissão da carteira de trabalho e eles já tinham ficado muito felizes com a oportunidade. Com as outras atividades, então, a escola ficou mais viva”, disse.

Além de todas as atividades, a Skill Idiomas, parceira da Secretaria do Trabalho no projeto, sorteou uma bolsa de 100% no curso de inglês. O ganhador, Maycon Gabriel, de 13 anos, aproveitou bastante o evento e disse estar realizado após ganhar a bolsa. “Meus professores sempre me falaram da importância de aprender inglês, e quando eu ganhei fiquei muito surpreso. Sempre quis estudar e tenho certeza que isso vai ajudar muito no meu crescimento e na minha carreira”, afirmou.

Além da Skill, esta edição do Construindo o Futuro contou com a parceria de Prepara Cursos, Brilho Próprio, Universidade Guarulhos, Skill, Fisk, Liveely’s, Eniac, Universidade Brasil, Nube e Universidade Cruzeiro do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *