Fracasso x sucesso (Parte 2)

Colunas

Olá amigos,

Neste texto pretendo dar continuidade a matéria publicada em 07/07/2019.

Tenho ouvido falar muito sobre o perfil empreendedor, alguém que constantemente  busca novos desafios e soluções para problemas antigos. Já ouvi falar das simples ideias que se transformaram em grandes negócios através da criatividade de pessoas ou criadores sem nenhuma cultura com um insight.

Contudo, muitos empreendedores de sucesso que se estabelecem no mercado, acabam não se preocupando em olhar para o futuro de sua empresa. Acreditam que o negócio deve permanecer exatamente como iniciou.

As frases mais comuns usadas por eles são: “Eu comecei assim e assim vou continuar” ou então, “Eu mando aqui”.

Com isso, podemos observar que estão preocupados com a produção e se esquecem da gestão, de buscarem formas de manterem o seu negócio ativo e em crescimento.

Se vocês tem acompanhado as matérias devem estar se perguntando: Onde estão os planos de trabalho da empresas?

Não importa se esse são lideres ou chefes. Toda empresa deve ter um plano de negócios, algo que descreva o empreendimento, aquele documento que projeta as ações que todos deverão ter para que não só o negocio se mantenha, mas também, que seu negócio venha decolar e permaneça no ar.

Há também aqueles que precisarão de algo mais especifico como um know-how, que seria um conjunto de conhecimentos práticos (fórmulas secretas, informações, tecnologias, técnicas, procedimentos, etc.) adquiridos por uma empresa ou um profissional, que traz para si vantagens competitivas. Isso se tiver o objetivo de continuar no mercado em que atua já que sabemos que este é cada dia mais exigente.

A experiência pode contar bastante no inicio, mas as técnicas existem para ajuda-lo manter-se atuante.

Essas técnicas teriam a função de auxiliar os gestores a não tomarem atitudes equivocadas, e trabalharem de forma cada vez mais eficaz.

Entenderam o motivo de preparar as empresas para os desafios que enfrentarão no futuro?

Não fazê-lo certamente levaria a empresa ao fracasso em um tempo muito curto.

Em reuniões, tenho ouvido que empreendedores fecharam suas portas,  não lutaram por aqueles sonhos do passado, restando lhes  somente as frustrações e as tristezas que surgiram  em suas vidas.

Estamos falando de empreendedores, o individuo que teve insight, alguém que teve uma ideia de fazer algo por alguém, que montou seu próprio negocio, e que soube transformar essa ideia em algo lucrativo.

Mas onde está o espírito empreendedor?

Onde estão as ideias?

Devemos prever o futuro?

Como especialista em Desenvolvimento Pessoal poderia afirmar que a pratica em buscar a melhoria continua, seja no ambiente corporativo ou na vida pessoal traria muitos beneficios para sua vida. As ideias surgiriam em sua cabeça, o vazio seria preenchido seria preenchido de forma natural. Dia apos dia seria evidente o desenvolvimento que estaria buscando.

Em artigos anteriores cheguei a fazer um comparativo entre os personagens Batman e Superman ( Desenvolvimento Pessoal de um Super-herói). Poderia usar este exemplo, mas prefiro citar um novo Super-heroi que poderá trazer tanta inspiração quanto o Batman. Trata-se do iron man, ou Homem de Ferro como também é conhecido.

Vamos recordar um pouco sobre nosso novo super-herói?

Tony Stark, um industrial bilionário e inventor brilhante que realiza testes bélicos no exterior, mas é sequestrado por terroristas que o forçam a construir uma arma devastadora. E pior, estilhaços penetram seu corpo, deixando-o debilitado.

Ao contrário daquilo que os terroristas queriam dele, teve a brilhante ideia de construir uma armadura blindada, e usa para enfrentar seus sequestradores.

Ao voltar para casa (EUA), Stark aprimora a armadura e a utiliza para combater o crime.

No texto, falamos sobre problemas que surgiram ao longo da vida das empresas, e todos nós estamos sujeitos a problemas ao longo da vida, nem sempre as coisas sairão como queremos, a diferença é como  enfrentaremos as adversidades. Durante o sequestro de Tony Stark (problema), ele teve que usar tudo que sabia(conhecimento), ocultando seu verdadeiro projeto (astucia). Tony Stark ainda teve que administrar um problema maior já que os estilhaços ameaçavam fazer seu coração parar de bater, ele teve de colocar a teoria em pratica criando um marca-passo para impedir isso. Temos que usar tudo que sabemos para garantir o sucesso de nosso objetivo. Caso não tenha conhecimento ainda poderia buscar através de parceiros que possam garantir o sucesso de sua empresa.

Lembre-se: Você é o coração de sua empresa, como tal, não deve parar de bater. Como bem sabemos, um coração saudável poderá continuar batendo por muito mais tempo.

Portanto, não tenha vergonha de pedir ajuda.

O empreendedor que tem medo de pedir ajuda jamais voará.

Lembre-se: o fracasso no mundo empreendedor trará lições muito importantes para alcançar o sucesso.

Eliminem o sentimento negativos. Você não é fraco, você é vencedor. Na fecundação só você sobreviveu. Vai desistir agora?

Visite seu passado para aprender com os erros e adquira uma visão positiva de como lidar com os obstáculos.

As derrotas sofridas o tornou mais forte, você agora conhece os caminhos que o levarão ao sucesso.

Marcio Sobrinho

Coach e Especialista em Desenvolvimento Pessoal

www.administradores.com.br/u/marciosobrinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *