6º mutirão de papanicolau abre todas as UBS neste sábado

Variedades

Dentro da programação do Outubro Rosa, mês dedicado à saúde da mulher, a Prefeitura de Guarulhos vai promover neste sábado (5) a 6ª edição do mutirão de papanicolau (exame de prevenção do câncer de colo de útero). Nesta data, as 69 Unidades Básicas de Saúde abrirão das 8h às 16h para colher o exame, que poderá ser realizado por todas as mulheres que já iniciaram a atividade sexual, independente de idade ou agendamento prévio e mesmo sem pedido médico.

Principal estratégia para detectar lesões precocemente e fazer cedo o diagnóstico do câncer de colo de útero, antes que a mulher tenha sintomas, o papanicolau deve ser feito anualmente. Sua realização periódica permite que o tratamento comece logo na fase inicial, aumentando as chances de cura e reduzindo a mortalidade pela doença, que representa hoje a quarta causa de morte de mulheres no Brasil.

Quando diagnosticada na fase inicial, as chances de cura da doença são de 100%. Por isso, a Secretaria de Saúde convoca todas as mulheres para participar do mutirão, as quais devem retornar à UBS onde foi realizada a coleta, na data marcada, para pegar o resultado e receber orientações.

Para garantir um resultado preciso, é importante que a mulher não tenha relações sexuais (mesmo com camisinha) nos dois dias anteriores à coleta do papanicolau, evite o uso de duchas, medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas 48 horas anteriores à realização do exame, bem como não esteja menstruada, porque a presença de sangue pode alterar o resultado.

Câncer do colo de útero

O câncer do colo do útero, também chamado de câncer cervical, é causado pela infecção persistente por alguns tipos do papilomavírus humano – HPV (chamados de tipos oncogênicos), os quais são muito frequentes e não causam a doença na maioria das vezes. Porém, em alguns casos, ocorrem alterações celulares, que são descobertas facilmente no exame preventivo e que podem evoluir para o câncer se não tratadas em tempo oportuno.

Atualmente, a vacina contra o HPV disponível pelo SUS, que até 2014 somente podia ser encontrada em clínicas particulares, protege em 70% a incidência do câncer de colo de útero e em 90% as verrugas genitais causadas pelo papilomavírus, além de evitar o câncer de pênis. Sendo assim, é fundamental continuar a prevenção da doença com a realização do exame de papanicolau, além do uso de preservativo quando iniciada a vida sexual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *