Guarulhos sedia Seminário Estadual Água e Saúde nesta quarta e quinta-feira

Cidade

Especialistas de várias regiões do país estarão em Guarulhos nesta semana para participar do 9º Seminário Estadual Água e Saúde, que nesta edição tem o tema: “O que nos faz beber água da torneira?”. O evento reunirá mestres, doutores e consultores internacionais no Sesc Guarulhos, nesta quarta, dia 4, com credenciamento às 9h15 e abertura às 10h, e quinta-feira (5).

O evento é uma realização conjunta do Centro de Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo, Faculdade de Saúde Pública da USP, Comitê Permanente para Gestão Integrada da Qualidade da Água, Serviço Social do Comércio (SESC) e Prefeitura de Guarulhos, com apoio de outras entidades de notória inserção no tema. Ao longo de sua existência, o seminário consolidou-se como fórum paulista de excelência para divulgar e promover o debate dos avanços e desafios relacionados à água que a sociedade consome.

O tema desta edição pretende promover um amplo panorama de discussões e sensibilizações acerca dos possíveis caminhos que aprimoram a oferta de água potável. Segundo os organizadores do evento, a cada ano buscam-se novas e criativas combinações, de modo a garantir abordagens inovadoras das relações entre a água e saúde.

Ainda segundo os organizadores, a programação da 9ª edição foi elaborada considerando a interação com outros importantes atores que têm discutido intensamente a gestão da água no estado de São Paulo, como agências reguladoras, universidades, empresas de saneamento, Ministério da Saúde, entre outras entidades. O objetivo é reunir esforços dos vários setores da sociedade, para chamar a atenção sobre a importância da gestão responsável e compartilhada da água, na perspectiva do patrimônio comum.

 “Celebrar a água como elemento indissociável da vida é missão coletiva em qualquer momento do progresso humano. Sendo essencial, a água deve ser cuidada. Como alicerce da existência de toda e qualquer criatura na Terra, a água merece ser usada com respeito e moderação, pois é sustentáculo da prosperidade, da qualidade de vida, do bem estar e da saúde”, destaca a organização do seminário.

O que nos faz beber água da torneira?

Uma ampla rede de produção trabalha ininterruptamente para que possamos beber água da torneira. O simples ato de abrir a válvula e liberar o fluxo esconde um arcabouço de medidas complexas, tais como: coletas e análises laboratoriais regulares de amostras de água bruta e potável, estações de tratamento e redes de distribuição, vigilância agropecuária do uso de agrotóxicos, monitoramento das doenças diarréicas agudas e das de veiculação hídrica, inspeções sanitárias, controle ambiental das fontes e urbanístico do uso e ocupação do solo em áreas de mananciais, entre outros.

A Secretaria de Saúde de Guarulhos, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS) – Vigilância Sanitária, desde 2005 realiza cotidianamente a coleta da água de forma amostral e preventiva nos cavaletes de residências, estabelecimentos de interesse da saúde, escolas, comércios, entre outros, abrangendo todos os bairros do município abastecidos pela Sabesp. As amostras coletadas são analisadas pelo Laboratório de Saúde Pública do DVS, a fim de garantir a qualidade da água distribuída na cidade.

No ano passado, foram coletadas 920 amostras de água no município. Neste ano, até o momento, já foram efetuadas 900 coletas. O resultado de todo esse trabalho aponta que a qualidade da água do sistema de abastecimento público na cidade é satisfatória para o consumo humano. Ou seja, a conclusão das análises laboratoriais apresenta índice dentro do padrão de qualidade próximo a 100%, compatível com o estabelecido na legislação vigente.

Quando alguma amostra se apresenta insatisfatória e fora do padrão preconizado, o resultado subsidia as ações das autoridades sanitárias que, de forma imediata, tomam as providências necessárias para a correção do problema, sempre pensando na saúde da população. Em caso de suspeita sobre a qualidade da água, a pessoa também pode comunicar a Vigilância Sanitária, através do e-mail: vigilanciasanitaria@guarulhos.sp.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *