Comissão de Saúde recebe médicos em greve

Política

A Comissão Permanente de Higiene e Saúde Pública da Câmara, em reunião extraordinária, recebeu representantes do Sindicato dos Médicos de Guarulhos. Em estado de greve, os profissionais solicitaram que os vereadores intermediassem suas reivindicações junto à Prefeitura, em especial à Secretaria Municipal de Saúde. Estiveram presentes Dr. Eduardo Carneiro (PSB), Toninho da Farmácia (PSD) e Dr. Alexandre Dentista (DC). Também participaram os vereadores Janete Lula Pietá e Genilda Bernardes (ambas do PT) e Thiago Surfista (PRTB).

Os médicos grevistas são da área de atenção básica, principalmente médicos da família. Depois de deixar claro que as emergências estão sendo atendidas, eles inicialmente pedem que se diminua o número de atendimentos de oito para três pacientes por hora, situação causada pelo aplicativo da Saúde lançado recentemente pela Prefeitura. “Queremos prestar um serviço de qualidade, com tempo para atender adequadamente cada pessoa e que nos permita pelo menos tomar um copo de água nos intervalos”, comentou Victor Vilela Dourado, diretor do sindicato. Outra questão é a revisão da jornada, que, segundo eles, está muito além do expresso em contrato.

Os médicos ainda reivindicam maior segurança nos locais de trabalho, principalmente nas UBSs. Relatam que, no período da noite, eles são alvo constantemente de agressões. Reclamam ainda da falta de atendente SUS e de médicos especialistas em algumas áreas, caso da psiquiatria.

Dr. Eduardo Carneiro, presidente da Comissão, se comprometeu a levar as reivindicações ao Executivo, caso não haja consenso entre as partes. “Nossa intenção é ser o elo entre os médicos e a Secretaria de Saúde, para que as pendências sejam resolvidas da melhor forma possível e a população não seja mais prejudicada”, afirmou Carneiro. Sobre o aplicativo da Saúde alvo de críticas por parte dos médicos, Carneiro explicou: “É um instrumento novo, ainda precisa de ajustes, mas acredito que vai ajudar muito os médicos e os usuários”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *