35.2 C
Guarulhos
quinta-feira, outubro 1, 2020

Uso de álcool e drogas pode levar à apreensão de arma de fogo, aprova CCJ

Quem estiver portando de arma de fogo e for flagrado sob efeito de bebida alcoólica ou substância psicoativa que cause dependência poderá ter a autorização de porte cassada pelo prazo de dez anos e a arma apreendida. As restrições estão no Projeto de Lei (PL) 1.898/2019, aprovado nesta quarta-feira (5) na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) por unanimidade, num total de 17 votos.

O Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826, de 2003) já prevê a perda automática da autorização de porte de arma de fogo quando o seu portador é detido ou abordado em estado de embriaguez ou sob efeito de substâncias químicas ou alucinógenas. A proposta do senador Marcos do Val (Podemos-ES) aprimora e harmoniza a redação do estatuto com o Código de Trânsito e insere a previsão de apreensão temporária da arma.

Assim, pela proposta, haverá a perda automática do porte de arma se o cidadão autorizado for encontrado ingerindo bebida alcoólica ou usando substância química psicoativa, ou que cause dependência. A comprovação deverá ocorrer por meio de teste, exame clínico ou de laboratório, perícia ou outros procedimentos técnicos que detectem a presença da substância no corpo humano.

Para o relator, senador Otto Alencar (PSD-BA), a redação atualizada é mais eficaz, já que, segundo o projeto, apenas a “simples ingestão de bebida alcoólica ou o uso de substância psicoativa” terá o condão de suspender a eficácia do porte, não havendo, portanto, necessidade de a pessoa autorizada estar em estado de embriaguez ou sob efeito de substâncias químicas ou alucinógenas.

Ele apresentou emenda para acrescentar que, se for comprovada a ingestão de bebida alcóolica ou o uso de substância psicoativa que determine dependência, além de ter a autorização cassada, o proprietário ficará impedido de requerer nova autorização pelo prazo de dez anos.

Outra emenda, apresentada pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e acatada pelo relator, retira da proposta original a incumbência de a autoridade policial devolver a arma apreendida diretamente na residência do proprietário.

Fonte: Agência Senado

Em alta

Vôlei Guarulhos busca primeira vitória contra o SESI-SP no Ginásio da Ponte Grande

Ainda pela fase inicial do Campeonato Paulista de Voleibol 2020, o Vôlei Guarulhos enfrenta nesta sexta-feira, dia 2, às 19h, o SESI-SP. A equipe...

Volkswagen inicia exportação do T-Cross para a Bolívia

 A Volkswagen dá início à exportação do T-Cross, produzido em São José dos Pinhais/PR, para o mercado boliviano. A Bolívia se une aos 18...

Pensamento Positivo

  Quantas vezes você já ouviu alguém dizer que devemos pensar de forma positiva? Claro que no momento em que ouvimos não damos muita importância a...

Camaro atualiza visual e incorpora pacote avançado de conectividade

A Chevrolet prepara a chegada de mais um lote do Camaro. A novidade está na atualização do visual e do pacote de conectividade tanto...

Notícias relacionadas

Vôlei Guarulhos busca primeira vitória contra o SESI-SP no Ginásio da Ponte Grande

Ainda pela fase inicial do Campeonato Paulista de Voleibol 2020, o Vôlei Guarulhos enfrenta nesta sexta-feira, dia 2, às 19h, o SESI-SP. A equipe...

Volkswagen inicia exportação do T-Cross para a Bolívia

 A Volkswagen dá início à exportação do T-Cross, produzido em São José dos Pinhais/PR, para o mercado boliviano. A Bolívia se une aos 18...

Pensamento Positivo

  Quantas vezes você já ouviu alguém dizer que devemos pensar de forma positiva? Claro que no momento em que ouvimos não damos muita importância a...

Camaro atualiza visual e incorpora pacote avançado de conectividade

A Chevrolet prepara a chegada de mais um lote do Camaro. A novidade está na atualização do visual e do pacote de conectividade tanto...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui