21.6 C
Guarulhos
domingo, setembro 20, 2020

Controversa, regulamentação dos e-Sports pode ter ano decisivo no Senado

Passar de fase, expressão comum para aqueles que jogam videogames, significa avançar mais uma etapa no jogo e se aproximar do objetivo final. Assim como nos games, os projetos precisam passar por etapas no Congresso para virarem leis. Polêmico, o projeto de lei do Senado (PLS) 383/2017, que regulamenta os esportes eletrônicos (e-Sports ou eSports), enfrentou resistência da comunidade gamer em 2019 e poderá ter um ano decisivo em 2020. Essa comunidade alega não ter participado do processo de construção do projeto e ainda questiona a necessidade de a atividade ser regulada no país.

A violência presente em alguns dos jogos utilizados em competições e a submissão a confederações criadas para organizar os esportes eletrônicos são os pontos mais sensíveis. Para a senadora Leila Barros (PSB-DF), é preciso aprofundar o debate antes que qualquer regulamentação do esporte eletrônico aconteça no Brasil.

— Em geral, a comunidade gamer desaprova qualquer tentativa de regulamentação. Eles entendem que o Estado quer interferir em uma atividade que está consolidada e funcionando muito bem. Não podemos criar algo que engesse o crescimento do setor. Ele gera empregos e aquece a economia — avaliou a senadora.

Leila, aliás, se tornou uma personagem importante no aprofundamento do diálogo sobre o projeto. Foi dela a iniciativa de agendar audiências públicas no ano passado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) para ouvir representantes do setor.

— As audiências públicas mostraram que os principais interessados na proposta de regulamentação dos eSports não foram ouvidos. Esse é o dever do Parlamento. Clubes, pro-players, federações e os desenvolvedores de jogos eletrônicos apontaram diversos pontos de preocupação — afirmou.

A senadora apresentou requerimento para que o texto passe por novo debate na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

Fonte: Agência Senado

Em alta

Número do Covid-19 em Guarulhos

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal deste sábado (19/09/2020): Taxa de cura - 92% Taxa de letalidade – 5,67% Total de recuperados – 22.290 Casos confirmados – 24,173 Total de óbitos - 1.371 confirmados e 19 em investigação Taxa de...

Vedacit Vôlei Guarulhos busca superação depois de perder do Taubaté

A equipe do VVG enfrentou o atual campeão paulista na última sexta-feira dia 18, em mais um jogo onde o adversário levou a melhor....

Tribunal confirma danos morais após briga de condôminos

A 9ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a condenação, por danos morais, de duas pessoas por agressão...

Proposta exige quadra poliesportiva coberta em escolas da rede pública

O Projeto de Lei 3500/20 determina que as escolas da rede pública da educação básica deverão possuir pelo menos uma quadra poliesportiva coberta, compatível...

Notícias relacionadas

Número do Covid-19 em Guarulhos

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal deste sábado (19/09/2020): Taxa de cura - 92% Taxa de letalidade – 5,67% Total de recuperados – 22.290 Casos confirmados – 24,173 Total de óbitos - 1.371 confirmados e 19 em investigação Taxa de...

Vedacit Vôlei Guarulhos busca superação depois de perder do Taubaté

A equipe do VVG enfrentou o atual campeão paulista na última sexta-feira dia 18, em mais um jogo onde o adversário levou a melhor....

Tribunal confirma danos morais após briga de condôminos

A 9ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a condenação, por danos morais, de duas pessoas por agressão...

Proposta exige quadra poliesportiva coberta em escolas da rede pública

O Projeto de Lei 3500/20 determina que as escolas da rede pública da educação básica deverão possuir pelo menos uma quadra poliesportiva coberta, compatível...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui