21.2 C
Guarulhos
terça-feira, setembro 29, 2020

FAKE NEWS: MAQUIÁVEL ADOROU!!!

Tudo hoje se confirma a máxima da Filosofia, “Aquilo-que-é-mas-não-é-porém-repete-que-pode-vir-a-ser“; em analise acurada, parece frase dita em monólogo de louco, e de certa monta o é. Atente-se que isso é um dos princípios da mentira, não importa em que contexto ou finalidade que ela é dita-redita. Chegará a hora em que tomara o lugar da verdade. Assim atua alguns segmentos da nossa sociedade, com ênfase o campo político e governamental; não importa o quão longe da realidade ou da verdade, afirme algo com veemência que o leigo popolucho irá deglutir com sendo a verdade única, e assimilar como sendo expressão daquela e transmiti-la-á como sendo sua própria manifestação de pensar e da verdade estruturante de si e da realidade per si.

Nicolau Maquiavel, já antevera tal estratagema, no qual, sem nenhum pudor o Príncipe deveria lançar mimos aqui e acolá; principalmente pondo em confronto os nobres entre si, e a população contra eles; após instaurada esta celeuma em momento pontuais, o Príncipe faria sua intervenção magnânima. Seria esta de tal forma planejada, que passaria a todos que ele de fato é o único que os pode apazigua e concorde apascentar. Trazendo-lhe a paz política e a harmonia social. Nada de conclusões prematuras, as semelhanças são mormente meras coincidências.

Partindo deste a priori, busque olhar o fenômeno hodierno das “Fake News“, as “Deep Fake” e, não assuste-se se outras “Fake’s” vierem a povoar nossa realidade virtual ensejando ganhar nossa realidade. Irá se dar conta que tudo em regra não é; e o quanto de tempo e recursos se gasta para disseminar e ou combater tal praga, afim de prevalecer a verdade.

Há que se apontar a responsabilidade mutua, seja de quem produz e transmite, seja do que recebe e retransmite. Ou seja a desinformação tem mais apelo que a informação correta. Como se fosse mais atraente a mentira que a justa verdade. Isso em princípio tem relação com o desejo de validação das crenças e ideologias internalizadas no indivíduo, ou seja queremos um mundo exclusivo e só de iguais, ‘todo amarelo’ seria ótimo!

Portanto, quiça, houvesse uma disposição dos que usam as ferramentas mediáticas, um cuidado mínimo de antes de regozijar-se com tal post, e “esfregar” nos oponentes aquela noticia reforçadora da sua ideologia, crença ou tese e ou criar um circo de debates sem lastro com a verdade; o cuidado em buscar fundamentos de tal nota e as bases da veracidade jornalística; sim, pasme, ainda há boas, serias e sólidas redes de notícias, que se orientam pela isonomia da pauta, e o principio republicano e democrático da notícia. desconfie sempre de algo em mão única, monólogo, verdade monocrática; nem Deus é assim, pois que Ele é diálogo e arbítrio. Logo, principio basilar, onde um só fala e não permite ser questionado, longe esta da democracia,e mais perto da ditadura e do fascismo: É um déspota.

Aquele que intencionalmente se utiliza com toda práxis ardilosa das “Fake’s”, tem uma clara intenção da manipulação dos incautos e retroalimentar seus lacaios em campo sociopolítico, afim de manter-se no poder e no imaginário dos servis em estado de oblação religiosa, pô-lo qual atitude de ovelha ante o pastor, na complacente condição “fides qua”; Eis o desafio, de todos os que se arvoram arautos e defensores da verdade, criar uma rede da “True News”, pois que seja a ação dos bons e éticos mais eficiente que a dos maus e imorais, é uma escolha de posição existencial em analise derradeira.

E não venha com firulas, “cada ser em si é capaz”; se “os filhos das trevas são mais espertos que os filhos da luz”, seja tu a luz (e o sal), as trevas não se mantém ante a mínima nesga da luz, veja a noite escura com o chegar  da aurora, não se sustém.

Então, antes de retransmitir (dar joinha etc) em algo que recebeu, busca a fonte, a origem, e só passe a frente o que você pode dar testemunho da verdade (em um tribunal); Anote, a melhor forma de combater as “Fake-Deep News” é não retransmitindo-lhe. Fica a dica!

 

 

Marlon Lelis de Oliveira, Jornalista, Mtb 0085378/SP

advogado, psicólogo e coordenação estadual do MCCE.

Whats: 11- 993834727

E-mail: dr.marlonlelis@gmail.com

Em alta

Bancos emprestam muito pouco a empresas, criticam senadores

A atuação dos bancos na liberação de empréstimos via Pronampe, formulado para socorrer pequenos negócios durante a crise da covid-19, foi criticada por parlamentares...

Guarulhense vence prova na volta do atletismo no estado

Após meses sem aquela adrenalina de competição, os atletas de Guarulhos voltaram a disputar um torneio de atletismo. Neste último sábado, 26 de setembro,...

Onix Premier estreia conceito de carro sem fio

O Chevrolet Onix chega com três importantes novidades para a linha 2021. Além do lançamento das versões RS e Midnight, tem a estreia do...

Volkswagen adere aos Princípios de Empoderamento das Mulheres

 A Volkswagen do Brasil anuncia sua adesão aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (Womens's Empowerment Principles - WEPs, na sigla em inglês), iniciativa criada...

Notícias relacionadas

Bancos emprestam muito pouco a empresas, criticam senadores

A atuação dos bancos na liberação de empréstimos via Pronampe, formulado para socorrer pequenos negócios durante a crise da covid-19, foi criticada por parlamentares...

Guarulhense vence prova na volta do atletismo no estado

Após meses sem aquela adrenalina de competição, os atletas de Guarulhos voltaram a disputar um torneio de atletismo. Neste último sábado, 26 de setembro,...

Onix Premier estreia conceito de carro sem fio

O Chevrolet Onix chega com três importantes novidades para a linha 2021. Além do lançamento das versões RS e Midnight, tem a estreia do...

Volkswagen adere aos Princípios de Empoderamento das Mulheres

 A Volkswagen do Brasil anuncia sua adesão aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (Womens's Empowerment Principles - WEPs, na sigla em inglês), iniciativa criada...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui