22.3 C
Guarulhos
segunda-feira, janeiro 18, 2021

Anvisa encerra inspeção em fábrica de insumos da AstraZeneca

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) encerra hoje (11) a inspeção presencial iniciada no dia 7 na empresa chinesa Wuxi Biologics, responsável pela fabricação de insumos ativos biológicos usados pela Fiocruz para a produção da vacina AstraZeneca/Oxford.

A partir de agora, os inspetores designados pela Anvisa enviados à China para verificar se a empresa tem adotado práticas adequadas para a fabricação dos insumos aguardam manifestação da Wuxi Biologics, em resposta a algumas informações adicionais decorrentes da inspeção, para emitirem o relatório. Só então o processo de certificação será concluído.

Em nota, a Anvisa informa que a previsão é de que a certificação em boas práticas de fabricação ocorra entre a primeira e segunda semanas de janeiro.

Ontem (10), a Anvisa aprovou, por meio de deliberação de sua Diretoria Colegiada, a resolução que “abre possibilidade aos laboratórios de solicitarem autorização para uso emergencial, em caráter experimental, de vacinas contra covid 19”.

A decisão oficializa o pedido de uso emergencial de vacina anunciado no dia 2 de dezembro pela própria Anvisa.

Análise de vacinas

Nesta sexta, a Anvisa também publicou uma tabela com as informações atualizadas sobre o andamento das vacinas registradas no órgão.

 

Andamento da análise das vacinas na Anvisa
Confira o status das análises preliminares para registro e outras informações de vacinas contra Covid-19.
Andamento da análise das vacinas na Anvisa Confira o status das análises preliminares para registro e outras informações de vacinas contra Covid-19. – Divulgação/Anvisa

Em alta

Órgãos de proteção alertam consumidor sobre compra de material escolar

Atentos às dúvidas sobre a compra de material escolar, os órgãos que atuam na defesa do consumidor divulgaram neste início de ano recomendações para...

Enfermeira de São Paulo é primeira brasileira vacinada contra covid-19

Logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus produzida pelo Instituto...

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

O uso emergencial da CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, recebeu o aval da área técnica da Agência...

Total de mortes no mundo por covid-19 passa de 2 milhões

O número de mortes provocadas pela pandemia do novo coronavírus já ultrapassou dois milhões. Dados reunidos pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, apontam para...

Notícias relacionadas

Órgãos de proteção alertam consumidor sobre compra de material escolar

Atentos às dúvidas sobre a compra de material escolar, os órgãos que atuam na defesa do consumidor divulgaram neste início de ano recomendações para...

Enfermeira de São Paulo é primeira brasileira vacinada contra covid-19

Logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter aprovado o uso emergencial da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus produzida pelo Instituto...

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

O uso emergencial da CoronaVac, desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, recebeu o aval da área técnica da Agência...

Total de mortes no mundo por covid-19 passa de 2 milhões

O número de mortes provocadas pela pandemia do novo coronavírus já ultrapassou dois milhões. Dados reunidos pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, apontam para...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui