21.3 C
Guarulhos
domingo, janeiro 24, 2021

Como inovar em sua vida cidadã?

 

 

Estamos há alguns meses enfatizando a importância da inovação em nossas vidas pessoais, negócios, sociedade, enfim, aspectos que nos influenciam direta e indiretamente.

Aproveito para sugerir sobre um tema de bastante abrangência em nossa vida que trata da cidadania e a questão do voto.  Por conceito, consideramos que é qualidade do cidadão, de poder exercer o conjunto de direitos e liberdades políticas, socioeconômicas de seu país, estando sujeito a deveres que lhe são impostos. Relaciona-se, portanto, com a participação consciente e responsável do indivíduo na sociedade, zelando para que seus direitos não sejam violados.

Ficam algumas perguntas sobre o conceito acima: 

– Como cidadão, exercemos plenamente os direitos e liberdades acima mencionados?

– Participamos conscientemente e com responsabilidade de nosso papel na sociedade?

– Por acaso zelamos para que nossos diretos não sejam violados?

Mais recentemente, o país passou por eleições municipais, aquelas que definem nossos representantes ao legislativo e executivo.  Todos os cidadãos brasileiros podem exercer o direto ao voto (conforme Constituição Federal, art. 14, § 1º).

Considerando que o direito ao voto é pleno, respondo parcialmente a primeira pergunta: mas será que participamos conscientemente e com responsabilidade de nosso papel de zelamos para que nossos direitos não sejam violados?  Me refiro, aqui, a capacidade de acompanhar, monitorar, influenciar aqueles aos quais cada um de nós votou como representante na luta por nossos direitos. 

Há que se considerar que, no último pleito eleitoral, o país, que tem 147,9 milhões de eleitores (segundo dados do T.S.E – Tribunal Superior Eleitoral), obteve 29,5% de abstenção, e, como causas a pandemia do covid-19, reduzindo ao mínimo os comícios, passeatas e eventos políticos presenciais e levando muitos eleitores habilitados ao não comparecimento às urnas. 

Além da questão pandêmica, estamos diante de uma crise econômica, de redução da renda, o aumento do desemprego, o fim do auxílio emergencial, a falta de melhorias estruturais, desconfiança sobre muitos governantes, questões que afetam bastante a vida real das pessoas, e acabaram não tendo o debate aprofundado e, como consequência, gerando desinteresse eleitoral.

Ainda que os resultados não pareçam alentadores, é muito importante reforçar nosso papel de cidadãos plenos e zelar por nossos diretos e, mais do o poder do voto, assumir o controle e influência junto aos nossos representantes, durante e após o período eleitoral.

Sugiro então que busquemos inovar nossa atitude cidadã, de forma consciente e influenciando o poder instituído.   As ferramentas estão acessíveis a todos; mas vale a pena destacar algumas opções digitais que, de forma rápida e prática, ajudam a monitorar o desempenho dos eleitos:

Sr.Cidadão  –  Este aplicativo permite acompanhar quantos políticos quiser ao criar uma conta no aplicativo, recebendo notificações das atividades deles nas casas legislativas. Basta escolher quais políticos tem interesse em monitorar e ficar por dentro dos votos, gastos, receitas, bens e dados de campanhas eleitorais. O serviço é gratuito e disponível para sistemas Android.

Meu Deputado – Aplicativo facilita no acompanhamento dos deputados federais com apenas alguns toques. Fornece informações relativas a presenças em sessões, despesas e votos em algumas leis, além de disponibilizar um ranking com filtros personalizados que permite visualização dos maiores gastos mensais por categoria, estado, partido e mês/ano. Disponível para sistemas Android e iOS.

Colab – Incentiva que o cidadão seja mais ativo e participe das decisões de sua cidade. Se intitulando como uma rede social para cidadania, o aplicativo é transparente e aberto para todas as cidades do Brasil, permitindo uma ponte para que o usuário possa se conectar diretamente com a Prefeitura de sua cidade e promete muito mais. Disponível para sistemas Android e iOS.

Tá de Pé? – Aplicativo lançado pelo grupo Transparência Brasil, permite ao cidadão monitorar a construção de escolas e creches públicas financiadas pelo Governo Federal em todo o país.  Ele também disponibiliza uma lista de obras próximas ao usuário, que poderá, por meio do aplicativo, tirar fotos e enviar informações sobre o andamento da construção, de forma anônima e segura. As fotos serão analisadas por engenheiros parceiros da Transparência Brasil e, se forem constatados indícios de atraso, a organização entrará em contato com a prefeitura responsável pela execução da obra. Caso a prefeitura não responda, outras instâncias serão acionadas como Câmara Municipal, o Ministério da Educação e até mesmo a Controladoria-Geral da União. Disponível para sistemas Android

Meu Município – O domínio desse portal é 100% público e gratuito. O site organiza e disponibiliza de forma simples os dados de todos os municípios brasileiros de maneira fácil de acompanhar e comparar como, por exemplo, monitorando o quanto uma prefeitura arrecada e gasta do dinheiro público. 

Câmara dos Deputados – Site oficial da Câmara dos Deputados, provê notícias, informações e serviços com muitos dados como a biografia, discursos e presença em plenário, posições em votações e projetos apresentados. Os cidadãos podem cadastrarem-se em um Boletim Eletrônico com informações e notícias do deputado escolhido. 

Senado   – O site do Senado permite a interação entre cidadão e a política. Ele dispõe uma sessão – e-cidadania, onde pode-se dar opiniões sobre projetos de lei da Casa, participar de debates sobre estas matérias e, até mesmo, propor uma nova lei. 

Newsletter incancelável – Este site pretende tornar impossível que alguém se esqueça em quem votou. Após cadastrar os políticos eleitos (ou um político que você queira acompanhar), a Newsletter incancelável enviará um resumo semanal com as principais notícias sobre aquele político.  

Ranking dos PolíticosSe trata de uma organização civil que monitora o desempenho dos deputados federais e senadores, fornecendo informações sobre quem é quem no Congresso Nacional e no Senado por meio de três pilares: Anticorrupção, Anti-Privilégios, Voto Consciente. 

Detector da Corrupção – Vigie Aqui  Uma interessante e importante ferramenta da atualidade provê informações judiciais de 850 políticos, reunindo dados de parlamentares relacionados à administração pública de tribunais de todo o País. Para ter acesso a plataforma, basta instalar o aplicativo no celular e tirar uma foto da imagem de um político ou buscar pelo nome dele. Então, as informações sobre o candidato aparecem na tela.  A ferramenta ainda disponibiliza informações sobre o político condenado e/ou processado na extensão de seu navegador.

Portanto, a cidadania trata da busca contínua por seus direitos e consciência de seus deveres, participando ativamente das principais questões de nossa sociedade e, com o sentido ético.   

Comece uma nova etapa em sua vida social, inove suas atitudes buscado ativamente interagir com todos os seus representantes de maneira proativa, atenta e assumindo o papel que lhe cabe como verdadeiro cidadão, plenos de direitos e deveres.

 

*Jose Vitorelli é especialista em Negócios Internacionais, Supply Chain e Inovação de Negócios. – E-mail – jose.vitorelli@outlook.com – WhatsApp – 0xx11 99382 2202

 

 

 

Em alta

Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas

Quase dois terços das micro e pequenas empresas precisam regularizar pendências com o Simples Nacional para permanecerem ou aderir ao regime especial. De um...

Justiça suspende pagamento do IPVA para pessoas com deficiência em SP

A cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) referente a 2021, para pessoas com deficiência que já tinham isenção de recolhimento...

Geral Eventos online e gratuitos de museus celebram aniversário de São Paulo

Para celebrar os 467 anos da cidade de São Paulo, comemorado na próxima segunda-feira (25), diversos museus e espaços culturais paulistanos vão fazer uma...

Covid-19: governo de SP adia volta às aulas para 8 de fevereiro

A volta às aulas na rede pública estadual de São Paulo foi adiada para 8 de fevereiro. O anúncio foi feito hoje (22) pelo...

Notícias relacionadas

Pendências com o Simples atingem quase dois terços das empresas

Quase dois terços das micro e pequenas empresas precisam regularizar pendências com o Simples Nacional para permanecerem ou aderir ao regime especial. De um...

Justiça suspende pagamento do IPVA para pessoas com deficiência em SP

A cobrança do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) referente a 2021, para pessoas com deficiência que já tinham isenção de recolhimento...

Geral Eventos online e gratuitos de museus celebram aniversário de São Paulo

Para celebrar os 467 anos da cidade de São Paulo, comemorado na próxima segunda-feira (25), diversos museus e espaços culturais paulistanos vão fazer uma...

Covid-19: governo de SP adia volta às aulas para 8 de fevereiro

A volta às aulas na rede pública estadual de São Paulo foi adiada para 8 de fevereiro. O anúncio foi feito hoje (22) pelo...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui