29.2 C
Guarulhos
sexta-feira, dezembro 4, 2020

A partir de 2020, empregador doméstico não poderá deduzir pagamento do IR

A partir deste ano não será mais possível deduzir no Imposto de Renda (IR) a contribuição patronal paga pelo empregador doméstico. Projeto (PL 1.766/2019) para prorrogar o benefício até 2024 chegou a ser aprovado pelo Senado, mas não foi votado na Câmara dos Deputados. O senador Reguffe (Podemos-DF), autor do projeto, diz que a tabela do IR já está defasada, a carga tributária é alta e não seria justo retirar esse benefício, que ajudaria inclusive na formalização dos empregos domésticos. O senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ), porém, anunciou que o governo é contrário à proposta por envolver renúncia fiscal em um momento de aperto nas contas públicas. Um pedido de urgência pode levar o projeto a ser apreciado diretamente pelo Plenário da Câmara no retorno dos trabalhos parlamentares em 2020. A reportagem é de Bruno Lourenço, da Rádio Senado.

Fonte: Agência Senado

Em alta

Patrulha Ambiental detém sete pessoas por prática de desmatamento ilegal no Taboão

Uma equipe da Inspetoria de Patrulhamento Ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos flagrou nesta quinta-feira (3), em patrulhamento preventivo, a prática ilegal de...

Geral Mobilidade urbana: maioria defende incentivo ao transporte coletivo

Pesquisa encomendada pela 99, empresa de mobilidade urbana, revelou que 86% dos entrevistados em seis capitais defendem incentivo ao uso de transporte coletivo ou...

Câmara aprova programa que substitui Minha Casa Minha Vida

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (3) a Medida Provisória 996, que criou o programa habitacional Casa Verde e Amarela. Lançado em agosto,...

ACE-Guarulhos defende ampliação do horário de funcionamento do comércio

A Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos defende a ampliação do horário de funcionamento do comércio como forma de diminuir o risco de contaminação...

Notícias relacionadas

Patrulha Ambiental detém sete pessoas por prática de desmatamento ilegal no Taboão

Uma equipe da Inspetoria de Patrulhamento Ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos flagrou nesta quinta-feira (3), em patrulhamento preventivo, a prática ilegal de...

Geral Mobilidade urbana: maioria defende incentivo ao transporte coletivo

Pesquisa encomendada pela 99, empresa de mobilidade urbana, revelou que 86% dos entrevistados em seis capitais defendem incentivo ao uso de transporte coletivo ou...

Câmara aprova programa que substitui Minha Casa Minha Vida

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (3) a Medida Provisória 996, que criou o programa habitacional Casa Verde e Amarela. Lançado em agosto,...

ACE-Guarulhos defende ampliação do horário de funcionamento do comércio

A Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos defende a ampliação do horário de funcionamento do comércio como forma de diminuir o risco de contaminação...

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui